De noite, a visibilidade de um peão só pode ser garantida com a utilização de material retrorrefletor, por parte do peão!

Os condutores têm dificuldade em ver os peões, porque, em geral, estes circulam com roupas escuras, confundindo-se com o meio envolvente.

É necessário, assim, sensibilizar os peões para a importância de se tornarem mais visíveis, à noite.

Para tal, deverão usar roupas claras ou mesmo uma lanterna.

Mas, o mais seguro é usarem material retrorrefletor no vestuário, mochilas, ténis, bem como braçadeiras ou coletes retrorrefletores. Este  tipo de material tem a característica de ser muito visível, mesmo a grande distância, quando as luzes dos faróis incidem sobre ele.

Na verdade, como se pode verificar na imagem, os peões que usem material retrorrefletor podem ser vistos a cerca de 150 m, enquanto um peão vestido com roupas claras é visto a cerca de 50 metros e com roupas escuras a cerca de 25 metros.

Dicas e Conselhos

Faça a experiência no nosso simulador!

Simulador

Desde o anoitecer ao amanhecer e em condições de visibilidade reduzida, os peões que circulem na faixa de rodagem, em cortejos e formações organizadas devem assinalar a sua presença com:

  • Pelo menos, uma luz branca dirigida para a frente, do lado esquerdo do cortejo ou formação
  • Uma luz vermelha dirigida para a retaguarda, do lado esquerdo do cortejo ou formação
  • Utilização de, pelo menos, dois coletes retrorrefletores, um no início e outro no fim da formação.

O risco de envolvimento num acidente rodoviário, à noite, é 2 vezes maior do que de dia.

Fora das zonas urbanas, o risco é ainda maior. De facto, um peão que circule, à noite, sem material retrorrefletor, tem um risco de acidente 8 vezes maior do que se usar material retrorrefletor.